Acordeões do Mundo



Concertos 2005

Chango Spasiuk (Argentina)
4 Novembro
Teatro-Cine

Sendo, juntamente com Raul Barboza, um dos principais expoentes contemporâneos do "Chamamé", aquele músico argentino combina, no seu trabalho, som e tradição, misturando schotis, polkas, rancheras e rasguidos dobles, com rock, jazz e referências avant-garde. Chango Spasiuk recebeu, em 2004, o "Prémio Revelação" da BBC World Music.

 

 

Celina Piedade - Cravo e Ferradura (Portugal)
6 Novembro
Instituto da Vinha e do Vinho

 

 

 

 

 

Julieta Silva e Motion Trio (Portugal e Polónia)
9 Novembro
Teatro-Cine

Os polacos "Motion Trio" têm vindo a mudar a face da música de acordeão, produzindo um som vanguardista situado, algures, entre a música minimal, o jazz e o rock, traduzindo a "notion of motion": redefinir aquele instrumento e explorar ambientes sonoros que se situam muito além do que tradicionalmente lhe é associado, utilizando uma base estritamente acústica.
Na mesma ocasião, actuará a portuguesa Julieta Silva, uma das acordeonistas do panorama nacional que mais tem contribuído para o desenvolvimento musical do acordeão, interpretando e renovando o que de melhor se produz na música tradicional portuguesa contemporânea.

 

Richard Galliano e Michel Portal (França)
11 Novembro
Teatro-Cine

Richard Galliano é o "cabeça de cartaz" desta edição do evento. Segundo alguns acordeonistas, como o japonês Yasuhiro Kobayashi, o impacto do trabalho daquele músico na História do Acordeão foi tal, que hoje pode-se mesmo hoje falar, do "antes" e do "após" Galliano. De facto, o acordeonista francês conseguiu impor o seu instrumento, em contextos musicais inéditos, como festivais de jazz ou em salões de concertos clássicos, e é uma fonte de inspiração de toda uma nova geração, que toca a sua música e "copia" o seu estilo.